Eu Sou o Mensageiro

7 de Abril de 2010, por

Resumo

Título:

Eu sou o Mensageiro

Autor:

Markus Zusak

Editora:

🇧🇷 Intrínseca

Páginas:

320

Publicação:

2007

ISBN:

9788598078298

Preço:

🇧🇷 R$ 39,90

Avaliação:

Venha conhecer Ed Kennedy. Dezenove anos. Um perdedor.

Seu emprego: taxista. Sua filiação: um pai morto pela birita e uma mãe amarga, ranzinza. Sua companhia constante: um cachorro fedorento e um punhado de amigos fracassados.

Sua missão: algo de muito importante, com o potencial de mudar algumas vidas. Por quê? Determinado por quem? Isso nem ele sabe.

Depois de ficar extasiado com A Menina que Roubava Livros fiquei bastante curioso para ler Eu Sou o Mensageiro. Queria saber se era um acerto ocasional do autor ou se o cara é bom mesmo.

Pois o cara é bom mesmo.

Em Eu Sou o Mensageiro, escrito antes A Menina que Roubava Livros, Zusak já nos traz a sua escrita peculiar. Não tive problemas com o início de A Menina que Roubava Livros, que muita gente reclama de ser lento e/ou confuso. Mas em Eu Sou o Mensageiro‘confesso ter dado um empurrão para continuar a leitura. Mas depois que você entra no ritmo, não para mais. É contagiante.

Acho que essa dificuldade nos inícios desses livros de Zusak se dá por causa da sua escrita. Ele escreve para o leitor. Melhor, ele fala com o leitor. Ed Kennedy, o mensageiro, não apenas conta a sua história. Ele conversa conosco sobre ela. Parece que estamos lá do lado dele, vendo tudo:

Agora eu pergunto:

O que você faria no meu lugar? Me diga, por favor, me diga!

Mas você está longe disso. Seus dedos vão girando a esquisitice destas páginas que de certa forma ligam a minha vida com a sua. Seus olhos estão seguros. A história para você não passa de mais de umas 100 páginas em sua mente. Para mim, está aqui.

Zusak não só nos faz participar de tudo, ele nos entrega também a mensagem que o livro propõe. A mensagem não é subliminar. É bem explícita. E é para o leitor.
Ed Kennedy não é o mensageiro, é a mensagem.

Markus Zusak nasceu em Sydney, em 1975, filho de pai austríaco e mãe alemã. Vive até hoje na cidade. Tem cinco livros publicados, dos quais Eu Sou o Mensageiro é o terceiro. Publicou o seu primeiro romance, The Underdog, em 1999, e o segundo, Getting the Girl, em 2001. Seus trabalhos mais recentes são Fighting Ruben Wolfe e o grande sucesso internacional A Menina que Roubava Livros.

3 Comentários

  • Nathália Neves 9 de Abril de 2010 às 17:21

    Depois de ler A Menina Que Roubava Livros, fiquei super curiosa por esse..

  • Ana Paula 17 de Outubro de 2010 às 16:57

    Eu acho que li na ordem contrária da maioria das pessoas. Se não me engano li esse primeiro. rs
    Gostei muito do livro! Embora o Ed seja um "perdedor" ele é muito cativante e, na minha opinião, divertido.
    Achei a forma que esse livro foi escrita bem interessante, aproxima bem mais o leitor dos personagens. Recomendo imensamente. =)

  • luana 17 de Outubro de 2010 às 17:00

    Eu amo esse livro,gostaria qe os outros livros dele fossem lançados aqui no Brasl

Deixe aqui a sua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: